Skip to content

Demissão: você pode torná-la uma oportunidade para sua carreira

Demissão é um tema assombroso para quase todas as pessoas, ainda mais em tempos de crise. Afinal, quem não teme ter que buscar um novo emprego em um cenário adverso? Por outro lado, demissão pode ser uma nova chance e você pode torná-la uma oportunidade para sua carreira. Já pensou nisso?

Quem já foi gestor sabe como é difícil gerenciar pessoas e realizar feedback, principalmente se este for por um motivo negativo. Nossa cultura, por ser mais focada em relacionamento, tem dificuldades em dar notícias ruins e por isso, os gestores “sofrem” para dar feedbacks ruins sobre o desempenho do colaborador.

Por outro lado, refleta por alguns minutos: qual foi o melhor feedback que você recebeu na sua vida?

Vou chutar aqui e dizer que provavelmente este feedback foi negativo, mas ele foi essencial para abrir os seus olhos e mudar seu jeito de trabalhar ou ver algo, não é mesmo? Se é assim com feedback, por que não pode ser assim com demissão?

Assim como no feedback, os primeiros momentos podem ser de desconforto e um certo ar de incerteza sobre as consequências, porém, a medida que você tem um tempo para refletir, você gera novas ideias e ela pode se tornar essencial para a busca da realização pessoal e profissional.

Ainda refletindo sobre o tema, você já trabalhou em alguma empresa e era infeliz? Por quanto tempo você ficou nesta empresa? Como você saiu, pediu demissão para ir atrás de uma realização ou foi demitido?

Eu mesma já tive que demitir pessoas durante a minha carreira e algumas eu demiti por ver claramente que a pessoa estava trabalhando na área errada e, consequentemente, não tinha um rendimento tão bom como teria se estivesse atuando na área que gosta realmente.

Da mesma forma, eu mesma fui demitida e é claro que no primeiro momento bate um desespero sobre como vai ser a vida dali em diante, mas eu aproveitei a oportunidade para refletir e com isso, iniciei um novo caminho na minha carreira e graças a isso, estou hoje aqui podendo escrever este texto para vocês.

Você deve conhecer essas pessoas abaixo e vai ver que nem sempre a vida foi de conquistas para elas, mas a demissão foi essencial para que elas chegassem a realização:

Oprah Winfrey

 

Você sabia que a Oprah foi demitida de uma emissora no início de sua carreira? Assim que iniciou sua carreira, ela era âncora no canal WJZ-TV, TV local da cidade de Baltimore, porém, seu gestor achava que ela se envolvia com as histórias do seu programa e como um jornalista não pode se envolver, ele achou que o melhor seria demiti-la.

Anos depois ela iniciou o seu talk show, chamado Oprah Winfrey Show, o que lhe rendeu vários prêmios de reconhecimento, inclusive sendo considerada uma das pessoas mais influentes do mundo pela revista Time, além de estar na lista das pessoas mais ricas do mundo.

 

Walt Disney

 

Não sei se você sabe, mas o Walt Disney foi demitido do jornal que trabalhava como ilustrador de anúncios de veículos por acharem que ele tinha “falta de imaginação e boas ideias”.

A demissão deu a ele a oportunidade de se juntar ao irmão Roy e o amigo Ub Iwerks, em 1921, e juntos fundaram a produtora Laugh-O-Gram, com o objetivo de criar animações de contos de fadas.

Os desenhos começaram a ser exibidos nos cinemas do Kansas antes das sessões de filmes. Neste início, eles fecharam um acordo com uma distribuidora e recebiam o pagamento pelas animações apenas 6 meses depois. Isso rendeu ao Walt Disney ter que morar no escritório da empresa, comer comida de cachorro e tomar banho apenas uma vez por mês em uma estação de trem (vocês podem imaginar o que deve ser isso?).

Somente 2 anos depois Disney conseguiu dinheiro o suficiente para levar a Laugh-O-Gram para Hollywood, por conta de um anúncio sobre higiene bucal. Em Hollywood as coisas foram ficando mais fáceis e eles conseguiram fechar um contrato com Universal Studios, que passou a comprar e a exibir as animações da equipe.

Nesta época Disney criou um personagem chamado Coelho Osvaldo, que se tornou bastante popular, porém, ele esqueceu de colocar sua assinatura no desenho e a Universal aproveitou a oportunidade para roubar a figura.

Mais uma vez qualquer pessoa ficaria chateada com isso, porém, Disney enviou um telegrama ao seu irmão dizendo já tinha criado um novo personagem chamado Mickey Mouse e o resto da história vocês já conhecem.

 

Steve Jobs

 

Este você já deve conhecer a história porque ela foi tema de filme. Steve Jobs foi demitido da sua própria empresa, a Apple, contudo, esta oportunidade lhe deu a chance de criar a incrível Pixar.

John Sculley, presidente do conselho da Apple, decidiu por uma reestruturação no posicionamento de Jobs por conta da sua forma de lidar com as pessoas do trabalho e, por isso, ele não teria o controle de nenhuma divisão, ficando apenas com o título de presidente do conselho.

Claro que Jobs não aceitaria e, por isso, saiu da Apple em 1985. Um ano depois ele comprou um estúdio de computação gráfica chamado Lucasfilm e mudou o nome para Pixar (uma mistura das palavras pixels e arte), que teve seu primeiro sucesso em Toy Story.

 

Como vai ser a sua história?

 

Como você pode ver, a demissão é uma realidade que qualquer um pode viver, até mesmo as pessoas que conhecemos hoje como pessoas de sucesso. Como a vida será após uma demissão vai depender muito mais de você e das suas atitudes para enxergar as oportunidades, abraça-las e alcançar a realização pessoal e profissional.

Qual vai ser o caminho que você vai seguir? A decisão de olhar para frente ou não está nas suas mãos!

Deixe um Comentário





Scroll To Top