Como enxergar o “copo meio cheio” nos problemas?

A escolha do tema desta semana tem uma relação muito forte com a minha história. Como enxergar o “copo meio cheio” nos problemas? Ou em situações não muito favoráveis? É desafiador, não é mesmo?

Grande parte das pessoas de sucesso teve que olhar o “copo meio cheio” para chegar onde queriam, a diferença é a insistência.

 

Como ter o olhar otimista?

 

Minha trajetória inteira de carreira foi dentro das organizações, mas sempre tive um desejo forte de ter a minha consultoria, trabalhar como Coach de Carreira, Consultora e dar aula para alunos de MBA. Claro que falar é fácil, mas aventurar uma mudança desta não é fácil.

Quando em dezembro de 2015 saí da empresa na qual eu era Gerente de Desenvolvimento Organizacional, eu tinha uma decisão a tomar: voltar a procurar emprego e retomar minha rotina nas empresas ou arriscar, enxergar a oportunidade e o “copo meio cheio” e tirar o projeto de consultoria do papel.

Este processo de grandes mudanças não é fácil! Ouvi de muita gente que eu era louca em querer abrir uma consultoria em plena crise e que naquele cenário econômico (de fevereiro de 2016) ninguém estaria disposto a investir em processos de Coaching e contratar consultorias nas empresas.

Acreditem, não é simples manter o otimismo ouvindo palavras assim, mas também não me sentia feliz quando pensava em não ouvir a minha voz interior que dizia para eu seguir em frente com o meu sonho. Foi aí que eu tomei uma decisão: acreditar que seria possível sim e que as oportunidades estão presentes em todos os cenários, até mesmo nos mais complexos.

Me afastei temporariamente de tudo que, de alguma forma, poderia me impedir de olhar sob a ótica do otimismo minha transição de carreira e segui determinada a conquistar o meu sonho! Em 7 meses de consultoria aberta, agradeço todos os dias por ter me mantido otimista e ter, em tão pouco tempo, conquistado tantas vitórias.

Hoje já são 21 clientes que tenho a oportunidade de apoiar para a conquista de uma carreira de sucesso e felicidade, mais de 100 alunos que tive o prazer de ensinar conceitos tão relevantes para a carreira e mais diversas empresas, de todos os portes e nacionalidades, que tive a oportunidade de conhecer e apresentar propostas que tornam o desenvolvimento das equipes mais efetivo.

E você, está na busca de uma carreira de realização? O que falta para você seguir seu sonho? Confira algumas dicas para aumentar o otimismo!

 

Leia histórias inspiradoras

 

Não quero que você leia o meu artigo e pense que as conquistas chegam fáceis, qualquer conquista em um cenário não muito favorável é sempre mais desafiador. Por isso, minha recomendação é que você leia histórias de pessoas que acreditaram e conseguiram. Você vai se inspirar e descobrir histórias de sucesso surpreendentes (como a história do Geraldo Rufino, por exemplo).

Essas leituras ajudam você a perceber que até mesmo empresas grandes, de sucesso e personalidades tão admiradas também tiveram que enxergar com otimismo em momento difíceis e foi justamente isso que as levaram ao sucesso.

A própria história do Steve Jobs tem uma relação forte com olha o “copo meio cheio”. Ele demorou anos até criar um computador de sucesso e foi demitido da sua própria empresa. Qualquer um poderia desistir, mas ele seguiu otimista e foi chamado para reerguer sua própria empresa. Quem vai dizer que ele não ficará para sempre na história da evolução da tecnologia?

 

Descubra o seu caminho e siga em frente!

 

Por histórias como a de Jobs, do Geraldo Rufino e de tantas outras que eu convido você a fazer um exercício de olhar o “copo meio cheio”. Avalie todas as oportunidades que aconteceram com você e continue seguindo em frente.

Descubra o seu caminho e siga determinado, para todo problema sempre haverá aprendizado e, para cada esforço dedicado ao seu sonho, você será recompensado!

Deixe um Comentário