Você age como coadjuvante ou protagonista da sua carreira?

Em todos estes anos em Recursos Humanos tive a oportunidade de perceber como algumas atitudes impactam o desenvolvimento da carreira de muitos profissionais. Por isso, começo com a provocação: Você age como coadjuvante ou protagonista da sua carreira?

Ownership: o protagonista

Talvez você nunca tenha escutado falar no termo Ownership, mas o que ele significa certamente você conhece! Em algum momento da sua carreira, a empresa pediu para você se sentir e agir como dono do negócio? Se a resposta foi sim, então o que pediram a você é para que você tivesse a competência ownership!

Profissionais com esta competência tem o que chamamos de amor de dono (e não “dor de dono”), ou seja, sentem-se verdadeiros protagonistas, se envolvem de forma que possam trazer resultados positivos e que ajudem a empresa a crescer. Pessoas com a competência de Ownership também têm proatividade e sempre querem fazer a diferença onde atuam.

E já que estamos em protagonismo e amor de dono, como você age com a sua carreira?

 

E na sua carreira? 

Pessoas que trazem a competência de ownership para suas carreiras são pessoas sempre em busca de se desenvolver, principalmente quando isso fará com que a sua carreira prospere.

Profissionais que atuam como protagonistas da sua carreira entendem que, buscar um bom resultado para os trabalhos dentro da organização, reflete automaticamente em como ele é visto dentro da empresa. Acreditam também que esta postura proativa vai gerar resultados positivos para ele, como um reconhecimento, promoção, ou até mesmo uma nova oportunidade em outra área ou empresa.


Para que estes resultados apareçam dentro da empresa, é preciso, em primeiro lugar, cuidar de ser o protagonista das suas decisões pessoais de carreira. Saber o que faria para o resto da vida, aonde quer chegar e o que quer no momento que se sentir realizado com a sua carreira é o pontapé inicial. Você já parou para pensar sobre estas coisas?

Ter um norte é o primeiro passo para a construção da realização profissional. E não pense que esta é uma tarefa simples e rápida. Ela requer um tempo de dedicação para a reflexão, pesquisas, análises e até mesmo trabalhos reais para decidir qual é o caminho a ser seguido.

Sabendo o que deseja para a carreira e o que motiva você, você precisa então traçar planos de ação para alcançar este resultado. É importante frisar que todo resultado colhido é fruto do nível de energia que depositamos nele, portanto, é primordial entender que o protagonismo na carreira só vai acontecer se você se esforçar para isso!

Se você entender que os seus sonhos dependem de um esforço seu para alcança-los, esteja disposto a agir como o dono da sua carreira! Te garanto que os resultados virão!

Deixe um Comentário