Como você planejou a sua Carreira?

Tenho escutado muitos casos de estudantes que não sabem ainda qual profissão seguir, bem como muitos profissionais, que depois de alguns anos de atuação, não se sentem felizes com a profissão que escolheram. E você, você planeja a sua carreira para ser feliz?

Trabalhando há anos em RH percebo uma das causas: escolher a profissão de acordo com o salário e não de acordo com o que você vai poder se destacar. Como alguém pode se imaginar trabalhando por 30, 40 ou até mesmo 50 anos em algo que só faz por dinheiro?

Infelizmente hoje essa é uma realidade no mercado de trabalho, que sofre as consequências de profissionais infelizes, insatisfeitos e sem brilho no olho. A empresa também sofre pois para qualquer organização ser sustentável e crescer, depende necessariamente de funcionários felizes com a profissão.

Vou contar brevemente minha história.

Sou formada em Relações Públicas (RP) e decidi minha profissão da seguinte forma: eu tinha decidido cursar faculdade de Biomedicina e, ao mesmo tempo, ingressei num curso de teatro. Quando cheguei no meu 3º ano da escola, percebi que não seria feliz sendo atriz, nem tão pouco seria se tivesse que passar a minha vida profissional trancada em um laboratório, sem contato com pessoas.

 

Com 6 meses de formada fui trabalhar na Universidade Corporativa de uma grande empresa e, ao perceber que perceber que poderia aplicar os meus conhecimentos e experiência como RP na área de Recursos Humanos, me apaixonei!

Ao planejar a sua carreira, é importante avaliar se a sua escolha está em linha com algo que te estimula a continuar se desenvolvendo, que seja amplo para você ter opções de atividades e que possibilita você a usar as suas potencialidades.

Em momentos de instabilidade como vivemos hoje, cair na armadilha do salário é fácil, então, muita atenção e seja honesto com as suas escolhas. Se você chegou até o final deste texto e percebeu que não está feliz com a escolha, se questione: o que te impede de mudar?

Tenha coragem de se desafiar em prol da sua felicidade, de forma planejada, para que você possa fazer uma transição de carreira, com o mínimo de impacto nos outros âmbitos da sua vida. Planeje, a partir de hoje, sua carreira em busca de realização!

Eu amo a profissão que escolhi! E você?

 

Leia mais sobre carreira no texto que selecionei da Harvard Business Review: Integrando múltiplos interesses na carreira e na vida

Deixe um Comentário